OTAVIANO COSTA EXPLICA SUA PERGUNTA À MISS BRASIL PLUS SIZE

25 de março de 2017
alberto

Se você ainda não viu o vídeo.. assista à entrevista:

Na participação da MISS BRASIL PLUS SIZE 2015/16 – DENISE GIMENEZ NO PROGRAMA AMOR E SEXO, muitos não entenderam e criticaram a pergunta feita por OTAVIANO COSTA, que veio a publico explicar e confirmou aquela que era a opinião da IMPACTO PRODUÇÕES, DA ORGANIZAÇÃO DO CONCURSO E DA PRÓPRIA MISS BRASIL, que não viram maldade na pergunta.

OTaviano costa

Disse OTAVIANO COSTA:

Meus amigos e amigas. durante o programa AMOR & SEXO, fiz a seguinte pergunta para uma modelo “plus size” que estava no programa:
“Você não se sente mal, por ser categorizada como plus size, pois vc é normal??”
Confesso que revendo o video, fica, infelizmente, dúbia a interpretação da minha questão. Mas vejam abaixo exatamente o que eu quis dizer, e assim, revendo a pergunta, vc verá como ganha todo o sentido que defendo abaixo:
A minha pergunta critica/questiona a CATEGORIZAÇÃO (que abomino veementemente para qquer tipo fisico ou estilo de qquer pessoa) da linda modelo.
Tanto que enfatizo o quão normal ela é, ao final da minha pergunta. Todos são lindos(as) e NORMAIS. Gordos, magros, altos, baixos e assim por diante. É lógico!!!!
ANORMAIS pra mim são as etiquetas sociais que a sociedade insiste em colocar neste ou naquele grupo de pessoas. Para mim, isto é a base de toda válvula preconceituosa que vivemos hoje em dia. Chega de esteriótipos! Uma pena minha pergunta não ter reverberado como pretendia.
Mas como disse, revejam e verão que critico claramente a CATEGORIZAÇÃO, basicamente pelo enorme desconforto que este tipo de “classificação” me dá. E não, obviamente, o ponto que mais soou aos ouvidos de muitos (inclusive dos meus colegas de bancada) que apontaria uma “anormalidade” às pessoas gordas.
Nunca pensei e nem pensaria desta maneira. Vai contra meus princípios. Sou muito correto para tanta grosseria.
O mundo está, cada vez mais, etiquetando este ou aquele grupo de pessoas, que independentemente do seu tipo fisico, de suas idéias ou estilo, deveriam apenas ser consideradas NORMAIS, no seu sentido mais amplo e respeitoso possível, por todos.
Enfim, espero que esteja mais claro agora.
De forma alguma há algo neste ser aqui, que resvale em qquer tipo de preconceito ou anormalidade, no que diz respeito ao próximo, seja ele quem for e como for.
É uma questão de opinião que defendo e queria saber da modelo, a dela. Só isso. Me desculpe se pareceu o contrário.
Nunca ofenderia ninguém pela força da minha comunicação, que me acompanha há tantos e tantos anos. Nunca o fiz e o farei.
❤️

CLOSE
CLOSE